Consultor Jurídico

Queda nas ações

CVM estuda abrir processo após mudança de comando na Petrobras

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) analisa abrir um processo administrativo para apurar se as informações sobre a mudança no comando da Petrobras foram divulgadas de forma correta. A informação é do jornal O Globo

Bolsonaro anunciou substituição de presidente da estatal

O processo terá como base a Instrução 358, segundo a qual qualquer declaração que possa interferir no valor das ações de uma empresa deve ser divulgada ao mercado.

A CVM já havia informado ser necessária a atuação de modo articulado com os canais institucionais das companhias que são abertas, com ações na bolsa de valores, independente da posição ou cargo que será alterado na empresa. 

O posicionamento ocorre depois do presidente Jair Bolsonaro criticar a alta nos preços de combustível e substituir o presidente da Petrobras. Com a mudança, a estatal perdeu R$ 28,2 bilhões em valor de mercado. 

O novo presidente da estatal será o general da reserva Joaquim Silva e Luna, que atualmente atua como diretor-geral da usina hidrelétrica Itaipu Binacional. 




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 21 de fevereiro de 2021, 13h15

Comentários de leitores

0 comentários

Ver todos comentáriosComentar