Consultor Jurídico

Interceptação Ilegal

Procuradores sabiam que estavam grampeando advogados de Lula, mostra diálogo

Retornar ao texto

Comentários de leitores

4 comentários

Ora ora ora

Thiagop2 (Policial Militar)

"A interceptação de conversas entre defesa e cliente é ilegal". Disse a pessoa q conseguiu as mensagens através de um hacker!!

Lenga lenga

André Soler (Procurador do Município)

Eu acho que deveriam anular o que o tal do Lula quer e pronto. Ficam armando cenários juridicamente cinematográficos para justificar um golpe contra um outro suposto golpe. Peça ao Lewandowski e pronto.
Muito cenário com os bastidores na linha de frente, escancarado.
As teses de provas ilícitas, imparcialidade do magistrado, presunção de inocência, isonomia, devido processo legal, ampla defesa e outras anedotas são mais flexíveis que uma linha de costura. O país já era!

Grampolândia

Bruno Castellar (Advogado Autônomo - Administrativa)

É a farra dos grampos. Muito poder nas mãos de membros do Ministério Público. Requisitam grampos diretamente, sem autorização judicial.
Imaginem, nobres colegas, quantas interceptações ilegais estão acontecendo neste momento.
E quando são desmascarados, foi um simples engano.
Tudo é errado nesse país, até quem era para ser certo.
Nada mais me surpreende!

Heróis e ex-heróis

olhovivo (Outros)

É preciso que os procuradores em geral vejam o passado e o presente de ex-heróis (para quem acredita em ser herói), sob pena de reviver a história. Depois de 17 anos, o perseguido da época, Eduardo Jorge, ex-secretário geral do então presidente FHC, pela dupla Schelb e Luiz Francisco, ganhou ação de danos morais (atualizados, cerca de R$800 mil), em razão dos vazamentos e jogo sujo que então praticaram contra o autor, quando ainda eram considerados heróis enquanto insuflados pela mídia...e hoje devem estar deprimidos com o merecido ostracismo. (v. https://diariodopoder.com.br/politica/apos-17-anos-justica-acata-acao-de-eduardo-jorge-contra-procuradores-que-vazaram-informacoes)

Comentar

Comentários encerrados em 25/02/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.