Consultor Jurídico

Boas Intenções

Moro diz que queria "proteger" Lula ao pedir que conteúdo de denúncia fosse antecipado

Retornar ao texto

Comentários de leitores

7 comentários

Moro diz que ...

Arlete Pacheco (Advogado Autônomo - Trabalhista)

O que me causa realmente admiração é o fato de um ex -presidente e presidiário ainda merecer a atenção de quem quer que seja!!! Entendo que o povo brasileiro tem "direito ao esquecimento" pela vergonha e constrangimento passados.

Moro proteger Lula

Bittemarcus (Advogado Autônomo - Civil)

Caro colega , não é o Lula merecer atenção e sim a Justiça, o Juiz não tem que proteger ninguém, tem que jugar imparcial......

Advogada Patronal

JCCM (Outros)

Minha resposta a tamanha falta de noção: ohhhhhhh

Um jeitinho para proteção do "colarinho branco"

JALL (Advogado Autônomo - Comercial)

Todas as notícias e crônicas deste boletim têm um viés garantista insuportável que advoga a tese negacionista da inexistência da prova circunstancial. Assim Al Capone, preso pelo Imposto de Renda por sonegação fiscal, não poderia ser condenado como foi. Afinal foi o imposto de renda. O restante dos crimes, "nunca foram provados" enquanto a Lei Seca estava alagada na jogatina. Ninguém o viu assassinar pessoalmente ninguém. Hitler não matou pessoalmente nenhum judeu. Era só um cara zangado. E Lula nunca recebeu de presente por interpostas pessoas o apartamento do Guarujá e o sítio de Atibaia, dentre as demais acusações de que é réu. Enfim esse Boletim Jurídico tem um viés pouco jurídico em mais petista.

“Contra negantem principia non est disputandum”

Sérgio Niemeyer (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Ainda bem que o senhor se identifica como advogado comercialista. Fico imaginando como seria a defesa e a sorte dos seus clientes, caso o senhor enveredasse pela seara da advocacia criminal, com esse entendimento contrário ao garantismo, que é um movimento não apenas legítimo, mas consequência da própria evolução do Direito Penal iniciada, talvez por Caesare Beccaria, que era um aristocrata italiano do século XVIII, em sua crítica exposta na obra “Dos Crimes e das Penas”, de 1764, obra que influenciou o mundo ocidental no que tange à forma como o crime e o agente criminoso deve ser enfrentado pelo Estado, enquanto ente representativo da sociedade.

(a) Sérgio Niemeyer
Advogado – sergioniemeyer@adv.oabsp.org.br

ohhhhhhh

JCCM (Outros)

Como advogado, o senhor é um ótimo comediante...

Proteger? Sei...

Joao Emanuel Simonini (Técnico de Informática)

Este Sérgio Moro já era uma piada mais ou menos quando juiz e agora com essa de que queria proteger o Lula virou uma piada completa. Já não ia com a cara deste cidadão, após a defesa do auxílio moradia que ele fez e depois desta história toda com o Lula só mostrou o quanto eu estava certo a respeito deste cidadão.

Comentar

Comentários encerrados em 12/02/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.