Consultor Jurídico

Tocando em frente

Marco Aurélio ignora licença médica e participa de sessão do STF

Mesmo sob orientação de licença médica desde quando rompeu os ligamentos do ombro direito há pouco mais de dois meses, o ministro Marco Aurélio Mello agora apareceu com a cabeça enfaixada na sessão desta terça-feira (6/4) da 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal.

Decano Marco Aurélio ignora licença médica e participa de sessão do Supremo
Reprodução

O curativo, segundo o decano disse à ConJur, foi feito no fim da semana passada, após a retirada de um pequeno carcinoma. Como esse tipo de lesão não provoca metástase, com a retirada, não será necessário nenhum tipo de tratamento posterior. O ministro informou estar muito bem de saúde.

Marco Aurélio, que anunciou sua aposentadoria para o próximo dia 5 de julho, quando completará 75 anos (31 anos de STF) no dia 12 daquele mês, seguirá participando normalmente dos julgamentos. De casa, por conta da pandemia de Covid-19, os ministros participam via internet das sessões do Supremo. 

Braço na tipoia
Desde o início de fevereiro deste ano, o ministro Marco Aurélio se recupera de um acidente doméstico, quando rompeu os ligamentos do ombro direito. Ele trabalha apoiado sobre uma tipoia.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 6 de abril de 2021, 16h47

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 14/04/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.