Consultor Jurídico

apuração em andamento

Serasa complementa resposta ao Procon-SP sobre vazamento de dados

Em resposta complementar ao Procon-SP, a empresa de serviços de informação Serasa Experian informou que, até o momento, nada indica que o megavazamento de dados de 220 milhões de brasileiros tenha partido de suas bases. Também afirmou que continua investigando o incidente.

Em janeiro, vazamento expôs dados de 220 milhões de brasileirosMarcelo Casal Jr./Agência Brasil

No início do ano, em notificação, o Procon-SP havia pedido explicações à Serasa. A empresa já havia respondido que todas as suas operações com dados pessoais seguem a LGPD e os princípios gerais de transparência e treinamento de funcionários.

Apesar do parecer técnico apresentado pela Serasa sustentar a segurança de seus sistemas, o órgão de defesa do consumidor considerou que as respostas iniciais foram insuficientes e não esclareceram as indagações sobre finalidade e base legal do tratamento de dados, necessidade de consentimento, política de descarte de dados e tempo de armazenamento etc.

O complemento da resposta será encaminhado para a fiscalização, que irá analisar a conduta da Serasa e poderá aplicar multa, conforme o Código de Defesa do Consumidor. Com informações da assessoria de imprensa do Procon-SP.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 5 de abril de 2021, 17h18

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/04/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.