Consultor Jurídico

Jurisprudência do STJ

Desemprego e pouca droga não confirmam envolvimento com tráfico, diz ministro

A mera condição de desempregado e a ínfima quantidade de drogas apreendidas não servem para denotar o envolvimento reiterado de réu no comércio de entorpecentes. Portanto, não são suficientes para impedir a aplicação da minorante de pena do chamado “tráfico privilegiado”.

Réu foi pego com pouca droga 
Reprodução

Com esse entendimento, o ministro Ribeiro Dantas, do Superior Tribunal de Justiça, aplicou a jurisprudência pacífica da corte para conceder Habeas Corpus de ofício a réu de 19 anos, desempregado, primário, de bons antecedentes e que foi preso com 6,88 g de crack e 7,22 g de cocaína.

O réu foi defendido pela advogada Janini Mari Zanchetta. Ainda segundo a jurisprudência da 5ª Turma, o ministro Ribeiro Dantas não conheceu do pedido, por se tratar de HC substitutivo de recurso ordinário. Mas mesmo assim analisou a irregularidade apontada e concedeu a ordem de ofício.

“Portanto, a míngua de elementos probatórios que indiquem a dedicação do paciente à atividade criminosa, certificada a sua primariedade e seus bons antecedentes, com pena-base no mínimo legal, é de rigor a aplicação do redutor do art. 33, § 4º, da Lei n. 11.343/2006 na fração máxima (2/3)”, disse.

Assim, a condenação por tráfico de drogas foi reduzida de 5 anos de reclusão em regime fechado para 1 ano e 8 meses, a pena mínima, em regime aberto.

HC 612.904




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 20 de setembro de 2020, 9h11

Comentários de leitores

3 comentários

Regime aberto para traficante

Professor Edson (Professor)

Hoje o STJ é a corte que mais incentiva o tráfico de drogas no Brasil com essa política de que traficante é coitadinho da sociedade.

STJ

Professor Edson (Professor)

As crianças são viciadas,.muitas vezes nas portas das escolas, e quem faz isso é o pequeno traficante agora beneficiado por esses togados inconsequentes do STJ.

Dúvida

Diogo Bayão (Advogado Sócio de Escritório)

Prezado,
Qual seria sua área de atuação na docência?

At.te., Diogo.

Comentários encerrados em 28/09/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.