Consultor Jurídico

Ataque à advocacia

Entrevista de Cristiano Zanin à TV ConJur ultrapassa 50 mil visualizações

A entrevista exclusiva do advogado Cristiano Zanin à TV ConJur ultrapassou as 50 mil visualizações na noite desta sexta-feira (11/9). Na quarta-feira, quando a advocacia sofreu seu maior ataque, com a decisão que determinou cumprimento de 50 mandados de busca e apreensão contra escritórios em vários estados do país, o advogado apontou abusos e inconsistências na denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal e aceita pelo juiz federal Marcelo Bretas.

ReproduçãoVídeo da entrevista de Cristiano Zanin
registra mais de 50 mil visualizações

O vídeo com a entrevista já é o segundo mais assistido do canal da ConJur, atrás apenas do seminário "Voz da experiência", quando foram entrevistados três ex-presidentes da República.

"O principal alvo [da operação] foi o estado democrático de direito", afirmou o advogado na entrevista. "O que aconteceu hoje foi um dos maiores ataques à advocacia que tivemos notícia em nosso país. Não é a primeira vez que a "lava jato" tenta nos intimidar e fazer com que deixemos a defesa do ex-presidente Lula. A "lava jato" não gosta do exercício da garantia constitucional do direito de defesa", disse.

A investigação, que gerou comoção na comunidade jurídica, tem como base a delação de Orlando Diniz, ex-presidente da entidade, que foi preso duas vezes e tenta negociar acordo de delação premiada com o Ministério Público desde 2018. Em troca do acordo fechado agora que ele incriminou grandes escritórios, Diniz vai ganhar a liberdade e o direito de ficar com cerca de US$ 1 milhão depositados no exterior.

Clique aqui ou veja a entrevista na íntegra abaixo:

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 11 de setembro de 2020, 19h51

Comentários de leitores

1 comentário

Conjur

Glaucio Manoel de Lima Barbosa (Advogado Assalariado - Empresarial)

CONJUR, CONJUR tenha compaixão do leitor, traga informação que se preste. Essa turma do rei nunca fez nada e só vive andando de jatinho particular e comendo caviar. A pergunta é como sobrevivem?

Comentários encerrados em 19/09/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.