Consultor Jurídico

Novas tecnologias

CNJ e Enap promovem inovação em dados e inteligência artificial

O Conselho Nacional de Justiça e a Escola Nacional de Administração Pública (Enap) lançam nesta sexta-feira (11/9), às 10h, a maratona CNJ Inova. O projeto une ciência de dados e inteligência artificial para criar soluções que reduzam o número de processos judiciais, ampliem a transparência, desenvolvam mecanismos de controle e mensuração da produtividade e melhorem as estatísticas dos processos em tramitação no país.

morgueCNJ e Enap promovem inovação em dados e inteligência artificial

O evento de lançamento, transmitido pelo YouTube, vai apresentar o edital, o calendário detalhado de atividades e as orientações sobre a inscrição. Serão duas fases: imersão com desenvolvimento e demonstração. As equipes podem ter até seis integrantes.

Seis equipes serão classificadas para o Demoday e ganham o prêmio de R$ 20 mil. Neste dia, haverá melhoria de design dos projetos e preparação para fase de pitching, que é o momento de apresentação e defesa das iniciativas. Duas equipes serão escolhidas vencedoras e receberão novo prêmio de R$ 40 mil cada.

O Judiciário possui 77 milhões de processos em tramitação, número que vem caindo nos dois últimos anos, mas ainda com muitos desafios a serem superados. Inconsistências dos metadados processuais e falta de padronização dificultam que o Judiciário possa gerenciar soluções para os gargalos, apontar irregularidades e promover ampla transparência.

As soluções apresentadas pelas equipes devem promover o acesso à Justiça, a agilização dos trâmites judiciais e a transparência. Com informações da assessoria de imprensa do CNJ.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 10 de setembro de 2020, 17h48

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 18/09/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.