Consultor Jurídico

Exemplo de cidadão

Ex-presidente José Sarney lamenta morte do constitucionalista Paulo Bonavides

O ex-presidente José Sarney homenageou o constitucionalista Paulo Bonavides, que morreu nesta sexta-feira (30/10), aos 95 anos. Sua morte gerou manifestações de pesar no mundo jurídico e acadêmico. Bonavides era um dos constitucionalistas mais respeitados do país.

Em sua homenagem, Sarney destacou sua obra "extraordinária" e seu legado para a consolidação da democracia no país.

Leia a íntegra da manifestação:

O falecimento de Paulo Bonavides é uma imensa perda para o Ceará e para o Brasil. Grande jurista, grande historiador, jurisconsulto de fama internacional, Bonavides deixa valiosos estudos de Direito Constitucional. Ele é o autor, também, de uma obra extraordinária para todos que querem pensar o País, que são os volumes da História Constitucional do Brasil e dos Textos Políticos da História do Brasil, que permitem a reconstituição documenta da evolução do pensamento político e constitucional entre os que nos precederam.

Formador de várias gerações de juristas e advogados, Paulo Bonavides foi um exemplo de cidadão, sempre acreditando no Direito, na Lei, na Constituição como os caminhos para o exercício efetivo da democracia.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 30 de outubro de 2020, 17h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 07/11/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.