Consultor Jurídico

Comentários de leitores

8 comentários

Excelência compartilhada

Priscila Koritar (Funcionário público)

Parabéns pelo excelente artigo e pela iniciativa de compartilhar seu conhecimento com outras pessoas

Brilhante!

JCoppoc Law (Outros)

O artigo do Dr. Guilherme vem, tal qual uma luz na escuridão, nos mostrar as diretrizes que devemos seguir na modelagem de nossos negócios jurídicos. É muito bem escrito e embasado, de forma a nos guiar numa matéria que nunca nos foi sequer ensinada. O interessante da abordagem feita pelo autor, é que nos mostra que com uma boa e eficiente modelagem, podemos agregar valor e aumentarmos os lucros de nosso trabalho. Sem dúvida, uma coisa que interessa a cada um de nós. Sou obrigado a confessar que desconhecia a matéria e que está publicação fez com que eu quisesse me inteirar mais do assunto. Ao autor, meu reconhecimento por sua expertise e por nos alertar que podemos alçar vôos mais altos, se seguirmos o caminho que nos indicou. Parabéns e muito obrigado!

Direito e Administração juntos

José Paulo Zippa (Prestador de Serviço)

Tenho de reconhecer esse artigo sensacional do Dr. Guilherme Credidio. Frequentemente meus clientes têm a visão de negócios e lutamos muito para que compreendam também o valor da legalidade. Vejo que o autor mostra um caminho a ser seguido por todos que atuam nas carreiras jurídicas e por todos que se dedicam à administração. Não faz sentido segregar duas áreas que deveriam andar de braços dados.

Sim, são inseparáveis

Guilherme Simões Credidio (Professor)

Dr. Zippa, o senhor captou a essência do meu artigo! Minha visão é de que Direito e Ciências de Negócios não podem estar separados, porque, em caso contrário, a abordagem será parcial. Devemos integrar conhecimentos para oferecermos as melhores soluções aos nossos clientes. Muito obrigado pelo comentário que me permitiu refletir um pouco mais sobre o quão profundo é o tema que tratei no artigo e que trato nas organizações como consultor.

Excelente artigo

O ESCUDEIRO JURÍDICO (Cartorário)

A advocacia, aqui, no Brasil, é realizada nos moldes imperantes na Faculdade de Direito de Coimbra, desde a instalação dos cursos respectivos. Esse modelo, excessivamente, antiquado, atualmente prevalece em nosso país, com exceção nos grandes escritórios.
A nível intelectual também.
O advogado utiliza a linguagem empolada, barroca, o seu comportamento nas audiências e socialmente é sempre passível de censura, afasta-se da Justiça para procurar a satisfação dos próprios interesses.
Mas, existem exceções.
Os advogados ligados a partidos políticos, seja de direita ou de esquerda, possuem orientação ideológica definida e lutam pelos interesses dos clientes.

Muito obrigado

Guilherme Simões Credidio (Professor)

Prezado Escudeiro Jurídico, seu comentário nos ilumina o caminho da modernização do Direito. É crucial que busquemos clareza e objetividade na linguagem, mas também que o Direito seja sempre uma ciência de portas abertas às demandas atuais da sociedade. O Direito moderno será disponível a todos!

Preenchendo lacunas

Maria Luísa Duarte (Administrador)

Excelente matéria publicada pelo impecável dr. Guilherme Credidio, que por ser mestre em Administração, pode ajudar a preencher uma das lacunas deixadas pelos cursos de Direito no país. Os advogados trabalham com isso, mas sem compreender a fundo o que vem a ser uma modelagem de negócio. Gosto muito da linguagem acessível que ele usa em todas suas publicações, tornando-as claras e prontas a serem entendidas, mesmo por quem não milita no ramo. Creio que essa abordagem é de grande valia e deveria fazer parte da biblioteca de todos os advogados, uma vez que pode socorrê-los num momento crucial de suas vidas, quando, devido a falhas do MEC, que sequer exige Oratória em seus cursos de Direito, podem se ver frente à necessidade de trabalhar com uma coisa que lhes é totalmente desconhecida. Mais uma vez meus parabéns ao dr. Credidio, pelo cuidado em sanar uma lacuna e pela forma como o fez, de maneira explícita e clara. Como me disse um colega da OAB, esse sobrenome tem peso! Carregue o seu sempre com essa leveza e honradez!
Dra. Duarte

Muito obrigado

Guilherme Simões Credidio (Professor)

Dra. Duarte, minha intenção é sempre trazer nas minhas publicações os temas mais relevantes à comunidade jurídica. Percebo também que algumas disciplinas relacionadas à escrita e ao discurso poderiam integrar os currículos das faculdades de Direito. Fico feliz em perceber que minha linguagem está sendo efetiva. Muito obrigado pelo belíssimo comentário.

Comentar

Comentários encerrados em 25/10/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.