Consultor Jurídico

efetivo e suplente

STJ escolhe novos integrantes do Conselho da Justiça Federal

Nesta sexta-feira (16/10), o Pleno do Superior Tribunal de Justiça (STJ) escolheu, por aclamação, os ministros Marco Buzzi e Sérgio Kukina como membros efetivo e suplente, respectivamente, do Conselho da Justiça Federal (CJF). 

Sede do CJF, em Brasília Divulgação

O ministro Humberto Martins, presidente da corte, desejou boa atuação aos colegas que passam a integrar o CJF. O conselho é presidido pelo próprio Martins e conta ainda com os ministros Jorge Mussi (corregedor-geral), Villas Bôas Cueva (vice-corregedor) e Sebastião Reis Júnior como membros efetivos; e com os ministros Marco Aurélio Bellizze e Assusete Magalhães como suplentes.

O ministro Marco Buzzi é natural de Timbó (SC), tem graduação e mestrado em Direito pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali). Foi desembargador do Tribunal de Justiça de Santa Catarina e chegou ao STJ em setembro de 2011.

No STJ, o ministro faz parte da 4ª Turma e da 2ª Seção e é presidente da Comissão de Coordenação. Buzzi também é professor e autor de diversas publicações jurídicas.

Sérgio Kukina é natural de Curitiba e graduado pela Universidade Católica do Paraná, com mestrado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR). Está no STJ desde fevereiro de 2013; antes disso, foi membro do Ministério Público.

No tribunal, atua na 1ª Turma e na 1ª Seção, além de ser membro da Comissão de Regimento Interno. O ministro é professor de Direito, palestrante e autor de títulos jurídicos. Com informações da assessoria de imprensa do STJ.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 16 de outubro de 2020, 21h40

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/10/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.