Consultor Jurídico

Academia

Da Redação

Colunista da ConJur

Claudia Lima Marques é eleita diretora da Faculdade de Direito da UFRGS

A professora de Direito Internacional Privado Claudia Lima Marques foi eleita nesta quarta-feira (14/10) diretora da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). É a primeira vez em 120 anos que a instituição será comandada por uma mulher.

Claudia Lima Marques foi eleita diretora da Faculdade de Direito da UFRGS
Reprodução

A eleição ocorreu entre os dias 13 e 14 de outubro. Com um lema de campanha pautado na igualdade e na competência, saiu vencedora a chapa 1, composta por Marques e pela professora Ana Paula Motta Costa, que será vice-diretora da Faculdade de Direito. A nomeação deve passar pelo reitor da universidade.

"É uma grande honra ter sido escolhida como a primeira jurista mulher, junto com a professora Ana Paula Costa, para a direção da nossa centenária faculdade de direito da UFRGS. A universidade pública, gratuita e de qualidade é um orgulho para o Brasil e permite construir um futuro de excelência em pesquisa, extensão e em ensino", disse Marques à ConJur.

Ainda de acordo com ela, o século XXI exige igualdade, competência e renovação. "E, com o talento de todos de nossa comunidade, docentes, técnicos e alunos, esperamos poder contribuir para a construção de uma faculdade de Direito inserida na realidade social, nos desafios de nosso tempo e em diálogo com o mundo". 

Marques integra a coluna Garantias do Consumo, que sai na ConJur às quartas-feiras, e é doutora pela Universidade de Heideberg e mestre em Direito pela Universidade de Tübingen, ambas na Alemanha.

Ela também é presidente do Comitê de Proteção Internacional dos Consumidores e da International Law Association, de Londres. A professora também presidiu a Brasilcon e a Asadip. 

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 15 de outubro de 2020, 13h14

Comentários de leitores

1 comentário

Parabéns

O ESCUDEIRO JURÍDICO (Cartorário)

Parabéns, mestra!!!

Responder

Comentários encerrados em 23/10/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.