Consultor Jurídico

Acusação de pedofilia

Por descumprir liminar, Olavo de Carvalho deve pagar R$ 2,9 mi a Caetano Veloso

A juíza Renata Castro, da 50ª Vara Cível do Rio de Janeiro, condenou o escritor Olavo de Carvalho a pagar R$ 2,9 milhões ao cantor Caetano Veloso.

Olavo de Carvalho acusou Caetano Veloso de pedofiliaReprodução

A multa, que deverá ser paga em até 15 dias, é pelo descumprimento de uma liminar que determinou que Olavo removesse das redes sociais acusações de pedofilia publicadas em 2017.

A juíza definiu acréscimo de multa de 10% caso não haja pagamento voluntário. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

De acordo com o jornal, a liminar para tirar o conteúdo do ar foi deferida em novembro de 2017. No entanto, o escritor não a cumpriu. À época, Olavo também foi condenado a pagar R$ 40 mil por danos morais. 

Contra o valor da multa, Olavo já recorreu. Um agravo de instrumento foi interposto na 12ª Câmara Cível do TJ fluminense.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 11 de outubro de 2020, 11h38

Comentários de leitores

2 comentários

Doutor olavo de carvalho

O ESCUDEIRO JURÍDICO (Cartorário)

A terra é quadrada?
Você não ganhou comendas do Doutor Presidente Jair Messias Bolsonaro? Por que não vendê-las?
Você poderá trabalhar para Caetano Veloso e sua mulher, fazendo limpeza na residência deles durante o resto de sua vida, quando receberá legítima, legal, completa e rasa quitação da dívida.

Multa de 2,9 milhões por falar a verdade ?

Rejane G. Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

Eu vi o vídeo, era sobre as declarações da ex-esposa de Caetano Veloso de que ele a desvirginou quando ela tinha treze anos de idade.

Comentários encerrados em 19/10/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.