Consultor Jurídico

Vossuncê

Delegada envolvida em agressão já deu ordem de prisão por ter sido chamada de "você"

Retornar ao texto

Comentários de leitores

5 comentários

Muito MIMIMI

JCCM (Outros)

Sou delegado de polícia há 27 anos e tenho a consciência tranquila de sempre ter procurado tratar a todos respeitosamente e sem distinção.

SEMPRE mantendo a educação e o tom de voz ameno.

Mas, vez ou outra aparece alguém que faz questão de demonstrar um certo descaso para com a figura da Autoridade Policial. Fica nítido o desejo de demonstrar intimidade ou não intimidação por estar falando com a figura que exerce o cargo.

Não que isso tenha em algum momento atrapalhado o meu mister. Ao contrário, sempre mantive a razão e entreguei a minha prestação funcional de modo transparente e equilibrado, ainda que em meio a alguma agressividade por parte do cidadão que acorre ao Distrito Policial, seja o conduzido, a pretensa vítima, seus advogados, policiais militares, guardas municipais, policiais federais, peritos, jornalistas,etc.

Não raro ouvimos aquelas frases desprezíveis de que pagam o nosso salário, asseverando serem nossos patrões, a quem devemos obediência, ou pior, insinuam não confiar em nossa orientação... Uma falta total de cordialidade.

Nem assim, ainda que tivesse que me posicionar com firmeza em minha convicção e realização de minhas atribuições, deixei a emoção vencer a razão profissional.

Aliás, a presença do advogado sempre tive como bem vinda, evitando alegações infundadas posteriormente, até porque acompanhando, dentro dos limites impostos pela legislação, não deixa questionamentos.

Então, é lamentável que ainda aconteçam situações dessa ordem, que em nada contribuí para a consecução dos bem estar social.

Vamos ter juízo, já que devemos, isto sim, ajudar na administração da Justiça.

Advogado

O ESCUDEIRO JURÍDICO (Cartorário)

O advogado chega na Delegacia, nervoso, e é atendido por uma Delegada mulher.
Quis dar uma de bom em cima da Delegada e seu mal.
Agora, não vai poder atuar na área criminal. Está marcado pelos servidores e delegados da cidade.

Ação de 2011?

PH Sabino (Bacharel - Criminal)

A ação tramita há 09 anos, demonstrando que a morosidade do Judiciário não é causada apenas pelo período de pandemia, isso vem lá de trás... Agora tipificar como crime chamar alguém de você é o fim da picada, pra quê serve a prova oral nos concursos para delegado mesmo? Respondo, somente para beneficiar os "peixes", pois para mostrar a qualificação e o preparo que não é... Abraços pra "você"... Rsrsrs...

Errrrrrrrooooouuuuuuuuu

S. Queiroz (Outros)

O Dr. advogado errou.
.
Existe a lei das EXCELÊNCIAS.
.
"Você" não se atentou que a zelosa autoridade policial, bacharela, pretensiosamente entende ser deus(minúsculo).
.
É assim, simples assim.

Parece que a tal delegada está cada mais vez mais enrolada

Carlos Alvares (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Guardadas as devidas proporções, evidente, está parecendo aquelas denúncias sobre abuso sexual. Aparece uma acusando fulano, aí outras criam coragem e cria-se uma multidão denunciando determinada pessoa.
No caso desta delegada, ao que tudo indica, a depender das devidas e sérias apurações, parece que ela deve ser imediatamente afastada e passe por avaliação psiquiátrica e psicológica, para avaliar com cautela a sanidade mental da mesma, visando apurar se ela possui condições de atuar como delegada de polícia.

Não é hora de colocar panos quentes, e sim, de apurar os fatos com total imparcialidade e ausência de corporativismo. A sociedade não quer uma servidora pública, nestas funções, "fora da casinha" (não estou acusando, estou sugerindo que se faça uma avaliação psicológica e psiquiátrica nela)

Comentar

Comentários encerrados em 9/10/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.