Consultor Jurídico

Sob Nova Direção

Desembargador Henrique Figueira é eleito presidente do TJ-RJ

Por 

O desembargador Henrique Figueira foi eleito nesta segunda-feira (30/11) presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro para o biênio 2021/2022. Figueira assumirá a presidência no dia 4 de fevereiro.

Henrique Figueira comandará o TJ-RJ nos dois próximos anos
Reprodução

Integrante da 5ª Câmara Cível, ele recebeu 95 votos, o que corresponde a 53,67% do total, vencendo o corregedor-Geral de Justiça, Bernardo Garcez, que teve 78 votos, ou 44,07%. Quatro votos foram nulos. 

Henrique Figueira é carioca e tem 64 anos. Formou-se em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro em 1978. Magistrado desde 1988, trabalhou em varas cíveis e de Fazenda Pública na capital.

Ele foi juiz auxiliar da presidência, entre 2001 e 2003, e da 3ª vice-presidência do Tribunal de Justiça entre 1996 e 1999. É desembargador há 17 anos. Presidiu a Mútua dos Magistrados e atuou como diretor-adjunto da Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj). 

Ricardo Rodrigues Cardozo foi eleito corregedor-Geral de Justiça. Com 91 votos, ele venceu Adriano Celso Guimarães, que teve 82.




Topo da página

 é correspondente da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro.

Revista Consultor Jurídico, 30 de novembro de 2020, 17h31

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/12/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.