Consultor Jurídico

Balanço da segurança

Segundo turno registra 374 ocorrências, diz Ministério da Justiça

No segundo turno das eleições municipais em todos o país foram registradas 374 ocorrências, de acordo com o balanço final divulgado às 21h deste domingo (29/11) pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. Também foram computadas 83 prisões ou conduções. Além das prisões, oito inquéritos já foram instaurados e 37 termos circunstanciados foram lavrados. Segundo o MJSP, uma arma e oito veículos foram apreendidos até o momento, além de R$ 20 mil e diversos materiais de campanha.

Rovena Rosa/Agência Brasil

Também foram registrados 270 crimes eleitorais, dos quais, 88 foram por boca de urna; 13 por compra de votos; cinco por concentração de eleitores; 98 por desobediência às ordens da Justiça Eleitoral; 49 por desordem que prejudique os trabalhos eleitorais; um por falsidade ideológica; dois por "fatos e imputações inverídicas" (fake news); dez por impedimento ou embaraço ao exercício do voto; e dois por transporte de eleitores e dois por danos à urna eletrônica.

No total, foram registradas 76 ocorrências de indicações de desinformação sobre o processo eleitoral. Entre os 16 incidentes de segurança pública e defesa social, seis foram por bloqueio de vias; quatro por atendimentos de urgência e emergência; quatro por falta de energia; e dois por manifestações. Com informações da Agência Brasil.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 29 de novembro de 2020, 22h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 07/12/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.