Consultor Jurídico

Fim da linha

Suspeito de dar golpes de mais de 500 milhões de euros é preso em Pernambuco

A Polícia Federal prendeu nesta segunda-feira (23/11) em Sirinhaém, litoral de Pernambuco, o italiano Roberto Guerini. Ele era procurado por vários países por suspeita de aplicar golpes em série — calcula-se que já obteve 500 milhões de euros (R$ 3,2 bilhões, em valores atuais) com seu "trabalho".

Polícia Federal prendeu Roberto Guerini no litoral pernambucano nesta segunda (23/11)

A ordem de prisão foi assinada pelo ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal. Segundo a PF, os crimes foram praticados pelo cidadão italiano entre os anos de 2016 e 2019.

Além do mandado de prisão, também há um pedido de abertura de processo de extradição contra ele. No momento da detenção, Guerini teve o seu passaporte recolhido pelos policiais.

O italiano vai ficar detido em um presídio enquanto estiver em andamento o processo de extradição, que também foi aberto por determinação de Fachin. 




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 23 de novembro de 2020, 21h52

Comentários de leitores

1 comentário

Italiano

O ESCUDEIRO JURÍDICO (Cartorário)

Esse italiano é, excessivamente, esperto.
Aliás, existe italiano tapado?

Comentários encerrados em 01/12/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.