Consultor Jurídico

Eleições municipais

TSE registra 30 candidatos e 36 eleitores presos até as 13h deste domingo

Das 43 ocorrências registradas pelo Tribunal Superior Eleitoral envolvendo candidatos neste domingo (15/11), 30 resultaram em prisão em flagrante. Delas, 20 foram por boca de urna, crime eleitoral cuja pena é de seis meses a um ano de prisão.

Em boletim divulgado às 14h, TSE aponta ocorrências eleitorais registradas
Reprodução

Segundo o boletim do TSE divulgado às 14h, entre os não candidatos, foram 209 ocorrências. Do total, 36 resultaram em prisão. A maior causa de boletins de ocorrência também foi a boca de urna, responsável por 63 registros. Desses, 22 resultaram em prisão.

Os estados com o maior número de candidatos presos são Sergipe (9), Minas Gerais (8) e Paraná (5). 

O TSE também informou que, até agora, foram substituídas 1.700 urnas eletrônicas por mau funcionamento. O último boletim apontava 923 urnas substituídas, segundo a Agência Brasil.

A votação começou às 7h e vai até as 17h deste domingo. O resultado das apurações poderá ser acompanhado em tempo real pelos aplicativos e sites do TSE chamados "DivWeb" e "Resultados".




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 15 de novembro de 2020, 16h10

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 23/11/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.