Consultor Jurídico

Após invasão hacker

Sistema de integração do STJ com tribunais deve retomar na quarta-feira (18/11)

Após invasão hacker paralisar suas atividades, o Superior Tribunal de Justiça prevê a retomada do sistema de integração com outros tribunais até a próxima quarta-feira (18/11). O presidente da corte, ministro Humberto Martins, afirma que a medida vai agilizar o envio e recebimento de arquivos.

Presidente do STJ, Humberto Martins diz que backup deve ser concluído até o fim deste domingo
José Cruz/Agência Brasil

"Os servidores de arquivo estão em sua fase final de recuperação de backup. Segue, também, o trabalho de restauração do backup do servidor do Sistema de Integração com os tribunais, que deve ser concluído no fim do dia", disse, em nota da assessoria de imprensa. 

A corte retomou os trabalhos na terça-feira (10/11). Os sistemas de informática estavam parcialmente restabelecidos desde segunda-feira (9/11), mas ainda assim as seis turmas decidiram adiar as sessões por videoconferência que estavam marcadas para terça. 

O site e os serviços de consulta processual e de jurisprudência voltaram a funcionar. Além disso, os prazos processuais também voltaram a correr. 

Até agora não está clara a dimensão do que foi acessado. A Polícia Federal instaurou inquérito que tramita sob sigilo.

Leia a íntegra do comunicado:

"O Superior Tribunal de Justiça (STJ) informa que foi incrementado o poder de processamento dos servidores de acesso remoto (Acesso RDS), bem como aumentado o número de máquinas para permitir melhor performance no acesso remoto aos seus sistemas.

O trabalho da equipe de tecnologia da informação do Tribunal continua neste domingo (15).

Os servidores de arquivo estão em sua fase final de recuperação de backup. Segue, também, o trabalho de restauração do backup do servidor do Sistema de Integração com os tribunais, que deve ser concluído no fim do dia. A ação vai permitir que até quarta-feira (18) possam ser executados os procedimentos de integração de todos os tribunais com o STJ, para envio e recebimento de arquivos.

Quanto à investigação sobre os autores do ataque cibernético sofrido pelo STJ, o envio à Polícia Federal de informações pela equipe da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação (STI) do Tribunal é diário, num esforço conjunto para alcançar os criminosos e responsabilizá-los. A investigação corre sob sigilo.

Ministro Humberto Martins
Presidente do STJ/CJF"




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 15 de novembro de 2020, 14h41

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 23/11/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.