Consultor Jurídico

Ataque hacker

Superior Tribunal de Justiça prevê retorno do sistema nesta segunda-feira (9/11)

Superior Tribunal de Justiça foi alvo de ataque hacker de proporções inéditas
STJ

O presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Humberto Martins, afirmou neste sábado (7/11) que o restabelecimento do sistema da corte segue o cronograma estipulado e reforça a previsão de retomada gradual das operações para esta segunda-feira (9/11).

O tribunal foi alvo de hackers na terça (3/11) e desde então paralisou suas atividades. Os ministros e servidores não conseguem acessar seus próprios arquivos e e-mails.

Em comunicado, o ministro disse que o Comando de Defesa Cibernética do Exército tem trabalhado em conjunto com a Presidência do STJ e a Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia.

Leia o comunicado:

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) informa que o trabalho de restabelecimento dos sistemas do tribunal avança conforme o esperado e com as precauções que a situação demanda. Está mantida a previsão de retomada gradual das operações dos sistemas de informática do Tribunal, a partir do Sistema Justiça – principal sistema da Corte -, para a próxima segunda-feira (9). Os dados estão sendo recuperados a partir do backup.

Além de contar com a colaboração do Comando de Defesa Cibernética do Exército brasileiro, a Presidência do STJ recebeu, também, apoio da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, do Governo Federal.

Processos encaminhados à Presidência do STJ seguem sendo examinados e decididos dentro dos prazos estabelecidos na legislação processual, inclusive durante o fim de semana.

A Polícia Federal está apurando os efeitos do ataque hacker à rede de tecnologia da informação do tribunal, inclusive com relação à extensão do acesso aos arquivos, bem como sobre eventual cópia de dados. A investigação do crime segue em inquérito sigiloso.

Ministro Humberto Martins
Presidente do STJ/CJF




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 8 de novembro de 2020, 15h02

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 16/11/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.