Consultor Jurídico

Comentários de leitores

4 comentários

Bolsonero

José Fernando Azevedo Minhoto (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

Achei muito bem sacada a iniciativa daquela revista inglesa que o chamou de "BOLSONERO".
Tem tudo a ver.

Discordância parcial

AC-RJ (Advogado Autônomo)

Este artigo levantou questões muito pertinentes, tais como o comportamento indevido de alguns governadores e membros do Legislativo e do Judiciário. Esta circunstância se torna ainda mais gravosa no atual momento crítico em que a harmonia entre os Poderes da República se faz necessária para a superação desta pandemia chinesa.

Entretanto, não concordo com as críticas de caráter pessoal ao atual mandatário da nação, o Presidente Jair Bolsonaro. Como reconhecido no próprio artigo, ele herdou um país em situação deplorável, bastante devastado pelas desastrosas gestões presidenciais anteriores, como no exemplo corretamente citado da existência de 12 milhões de desempregados. Destaque-se que o número de desempregados era bem maior quando o atual presidente assumiu o cargo, cerca de 13 milhões (Fonte: https://www.em.com.br/app/noticia/economia/2019/03/29/internas_economia,1042184/brasil-tem-13-1-milhoes-de-desempregados-ate-fevereiro-revela-ibge.shtml).
<br/>Assim, entendo que é incabível a crítica ao atual presidente da República que está ao mesmo tempo corrigindo as mazelas dos governos anteriores como combatendo este poderoso inimigo invisível, o coronavírus. Da mesma forma, mais incabível ainda é pensar na hipótese de impeachment, nitidamente impulsionado por razões políticas e dissociado da realidade.

Impeacheiros de plantão em aquecimento

O JR (Advogado Autônomo)

Esse Presidente é uma calamidade (boa tarde eleitores bolsominions), mas um impeachment a cada dois mandatos não reafirma a estabilidade da nossa Democracia...
Os impeacheiros de sempre logo voltarão à arena e nossas instituições mais uma vez se mostrarão frágeis e instáveis. A banalização dos extremos é sempre indesejável.

Inúmeros erros foram cometidos pelos agentes políticos...

Voldyriov (Outros - Trabalhista)

incluindo nessa conta o próprio Ministério Público Federal, que permitiu o emprego de bilhões de reais em estádios.

Neste breve momento de calamidade em que se nega ambulâncias privadas para membros das castas superiores da burocracia pública. Em que, finalmente, não poderão nem ir para miami comprar terno novo, fiquem felizes com o este país combalido que construíram.

Para desespero dos preenchedores de papel, o futuro do país depende de profissionais que se arriscam e salvam vidas, que pesquisam de verdade e não reinventam a roda no enésimo copia e cola, o país depende da tão negligenciada ciência, da indústria.

Após a enésima liminar debatida a respeito da falta de leitos em UTIs, agora não adianta caçar culpados. Todos o são, sem exceção.

Comentar

Comentários encerrados em 7/04/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.