Consultor Jurídico

Cuidado com a saúde

Licença médica de Celso de Mello é prorrogada até 12 de abril

O decano do Supremo Tribunal Federal, ministro Celso de Mello, teve licença médica renovada até o dia 12 de abril. Segundo a assessoria de imprensa da Corte, o motivo da renovação não foi informado.

Ministro Celso de Mello passou por cirurgia em janeiro e deve retornar em abril

Celso de Mello esteve internado na última semana, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, com quadro erisipela. A doença não tem a ver com a pandemia de coronavírus. O decano recebeu alta no início da noite da última quinta-feira (19/3) e concluirá o tratamento em casa. 

Em janeiro, o ministro passou por uma cirurgia para colocação de uma prótese no quadril, haja vista que vinha se locomovendo cm dificuldade nos últimos meses. Por conta da licença, foi excluído do sorteio de novos processos até o retorno.

Relator originário das ações que questionam a constitucionalidade da lei contra abuso de autoridade, o ministro se declarado suspeito para julgar os processos. A redistribuição das ADIs caiu com o ministro Alexandre de Moraes.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 30 de março de 2020, 15h43

Comentários de leitores

2 comentários

Celso de Mello.

Júlio M Guimarães (Bacharel - Trabalhista)

Tá dodói, aposente-se.
Prestará um grande serviço ao Brasil.

talvez seja melhor aposentar,

daniel (Outros - Administrativa)

talvez seja melhor aposentar, inclusive para permitir que haja renovação, isso mostraria o compromisso social e menos vaidade, uma vez que não está julgando mesmo, e poderia ceder a vaga para outro e ainda cuidar da sua saúde.

Comentários encerrados em 07/04/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.