Consultor Jurídico

Por videoconferência

Felix Fischer volta a despachar e reassume relatoria da "lava jato" no STJ

Ministro Felix Fischer retornou nesta segunda

O ministro Felix Fischer, que estava afastado para tratamento de saúde desde agosto de 2019, retornou nesta segunda-feira (23/3) às suas funções no Superior Tribunal de Justiça. Ele é membro da 5ª Turma e da 3ª Seção, especializadas em direito penal, e da Corte Especial.

Em virtude das medidas de prevenção da pandemia de Covid-19 adotadas pelo STJ, o ministro está despachando remotamente, assim como os demais magistrados do tribunal. Nesta terça-feira (24/3), participa da sessão do Pleno por videoconferência.

Fischer retoma a relatoria dos recursos da operação "lava jato" no STJ. O desembargador Leopoldo de Arruda Raposo, convocado durante seu afastamento, volta para o Tribunal de Justiça de Pernambuco.

Raposo substituiu o ministro Fischer na 5ª Turma e na 3ª Seção. Na Corte Especial, o substituto foi o ministro Paulo de Tarso Sanseverino.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 23 de março de 2020, 21h43

Comentários de leitores

1 comentário

Min. Fênix Fischer, o retorno.

O JR (Advogado Autônomo)

De volta para, em nome do Estado, difundir o bem, a compreensão e a solidariedade que sempre cultivou e que sempre foram a marca de seus julgados!
De regresso à faina na incessante busca do justo, do exercício da compaixão, da materialização, em suma, da justiça cristã que sempre perseguiu.
Saudável e operoso retorno!

Comentários encerrados em 31/03/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.