Consultor Jurídico

Novo coronavírus

Moraes suspende pagamento da dívida de São Paulo com a União por 180 dias

Retornar ao texto

Comentários de leitores

2 comentários

Dos males que vem para o bem

J. Ribeiro (Advogado Autônomo - Empresarial)

Com a pandemia do virus chines esta se observando quais órgãos e instituições são, efetivamente, necessárias para o funcionamento da máquina estatal.
Esta delineando que muitos órgãos do Poder Judiciário podem ser extintos imediatamente que ninguém vai perceber que sequer existiam.
Até mesmo o Congresso Nacional, a desnecessidade do Senado e a extinção de pelo menos metade dos deputados federais.
Nos Estados ai é que não faltam órgãos ociosos mesmo, repartições que são verdadeiros cabides de emprego da politicagem rasteira.
A proposta do governo para a reforma administrativa inicialmente apresentada, deverá ser revista para amplia-la e enxugar essa máquina estatal obesa e inoperante.
Quanto a decisão do min Moraes é meramente política, pois sem fundamentação razoável.
Afinal o que o Estado de S. Paulo fez ou está fazendo para ajustar primeiro sua despesas e revisão orçamentária.
A rigor a Justiça deveria ter exigido uma reformulação orçamentária e um contingenciamento de suas despesas. Gastar milhões com publicidade, jornalista e shows e o Judiciário ignorar estes fatos, torna a decisão apenas de ordem política e não técnica.
É uma boa hora do desengavetamento dos pedidos de impeachment, antes mesmo de setembro próximo.

Rolar dívidas

O IDEÓLOGO (Cartorário)

Todas as pessoas fisicas, juridicas e entidades sem personalidade jurídica ingressão em moratória forçada.

Comentar

Comentários encerrados em 30/03/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.