Consultor Jurídico

Notícias

Direitos fundamentais

Defensorias e MPF pedem proteção a moradores de rua no Rio Grande do Sul

Comentários de leitores

2 comentários

Endereçamento estranho

Daniel André Köhler Berthold (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

É notório que quase tudo o que se arrecada de tributos no Brasil fica com a União. Num quadro assim, a Defensoria Pública da União e o Ministério Público Federal dirigirem os pedidos só ao Estado-Membro e ao Município, omitindo a União, é muito entristecedor, símbolo do que poderíamos chamar de tempos estranhos, em que a União recebe, proporcionalmente, cada vez mais do que se arrecada, e os Estados e Municípios só recebem mais obrigações.

Responder

com esse tanto de servidor público para fazer este pedidinh

daniel (Outros - Administrativa)

com esse tanto de servidor público para fazer este pedidinho, ou seja, para fazer o mesmo serviço. Basta o EStado extinguir dois órgãos e ficar com apenas para reduzir despesas e usar o dinheiro que seria desperdiçado e assim fazer a proteção dos moradores de rua

Responder



Comentar

Comentários encerrados em 28/03/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.