Consultor Jurídico

Notícias

Monumento à liberdade

Jornalista não terá que excluir postagem no Twitter contra dono da Havan

Comentários de leitores

4 comentários

Os rigores da Lei só para os desafetos.

jjgomes05 (Servidor da Secretaria de Segurança Pública)

NOJO! ASCO! OJERIZA... só alguns dos adjetivos para qualificar o "apadrinhamento-ordinário" que a justi$a, concede. Vontade é de vomitar, ante a sentenças absurdas que expõe dois caminhos: o dos AMIGOS e o dos odiados.

Responder

Os rigores da Lei só para os desafetos.

jjgomes05 (Servidor da Secretaria de Segurança Pública)

NOJO! ASCO! OJERIZA... só alguns dos adjetivos para qualificar o "apadrinhamento-ordinário" que a justi$a, concede. Vontade é de vomitar, ante a sentenças absurdas que expõe dois caminhos: o dos AMIGOS e o dos odiados.

Responder

Absurdo

Tiago Fraga (Assessor Técnico)

Olha o malabarismo argumentativo pra justificar algo que não tem nada de jornalístico,.. já que não precisa de diploma, vou me declarar jornalista.pra ter salvo conduto

Responder

TJSP apodreceu !

Milu (Advogado Autônomo - Civil)

É inacreditável! O jornalista tem a obrigação de informar dados verídicos sobre os temas escolhidos, de forma imparcial e jamais demonstrar sua indignação , portanto uma opinião pessoal, a respeito de uma pessoa , sem provas contundentes , constituindo essa postagem do jornalista sem nenhum profissionalismo, uma verdadeira agressão moral do cidadão alvo da ódio desse pseudo n jornalista!" A Lei de imprensa não tem o condão de beneficiar o mau carater daqueles que usam da função , para denegrir o cidadão contrário ao seu credo político! Lamentável, parece que cada vez mais , a função do TJSP é legalizar crimes infames e proteger bandidos, segundo seus interesses!

Responder



Comentar

Comentários encerrados em 27/03/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.