Consultor Jurídico

Notícias

Quadro de infecção

Ministro Celso de Mello recebe alta de hospital em SP

Nelson Jr./STF

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, recebeu alta no início da noite desta quinta-feira (19/3) e concluirá o tratamento em casa. O decano estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, com quadro erisipela.

A doença não tem a ver com a pandemia de coronavírus nem com a cirurgia na cabeça do fêmur a que se submeteu recentemente. A licença do ministro foi renovada até 30 de março.

Celso estava afastado porque passou por uma cirurgia em 22 de janeiro. O decano do STF vinha se locomovendo com dificuldade antes disso.

O ministro foi excluído do sorteio de novos processos nesse período. A expectativa era de que a licença durasse até, pelo menos, 19 de março. Deve ir até o dia 30. É a primeira vez, em 49 anos de atividades no funcionalismo público, que Celso se afasta de suas funções.

O ministro está na Corte desde agosto de 1989, e sua aposentadoria compulsória está prevista para 31 de outubro de 2020. Ele integra a Segunda Turma com os ministros Edson Fachin, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski.

Revista Consultor Jurídico, 19 de março de 2020, 20h26

Comentários de leitores

5 comentários

Bem vindo ao decano.

João B. G. dos Santos (Advogado Autônomo - Criminal)

Aproveite e se aposente. Leve junto o Lewandowski e o Marco Aurélio.

Responder

Erisipela

alvarojobal (Advogado Autônomo - Civil)

Antibioticoterapia e uma boa benzedeira.

Responder

Notável ministro

O IDEÓLOGO (Cartorário)

A sociedade conta com o seus brilhantes acórdãos, Ministro Celso de Mello.
Avante!

Responder

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 27/03/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.