Consultor Jurídico

"Lava jato"

Ex-secretário nacional de Justiça Astério Pereira dos Santos é preso

Astério Pereira dos Santos, ex-secretário nacional de Justiça no governo de Michel Temer e procurador aposentado, foi preso nesta quinta-feira (5/3), no Rio de Janeiro. Segundo o portal G1, também foram presos o filho de Astério, o advogado Danilo Botelho; o também advogado Pedro Navarro, sócio de Danilo; e a advogada Viviane Ferreira Coutinho Alves. 

Eles são acusados de integrar um esquema de pagamentos de propina a conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ) e de lavagem de dinheiro através de contratos na Secretaria estadual de Administração Penitenciária.

Ao todo, estão sendo cumpridos nove mandados de prisão e 32 de busca e apreensão. As ordens foram expedidos pelo juiz da 7ª Vara Federal Marcelo Bretas, responsável pela operação "lava jato" no Rio de Janeiro.

Segundo a Polícia Federal, esta rede seria organizada por empresários e agentes públicos com apoio de dois escritórios de advocacia. O dinheiro recebido por meio desse esquema estaria sendo dissimulado através do uso de pessoas jurídicas, laranjas e familiares dos envolvidos. Com informações da Assessoria de Imprensa da Polícia Federal.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 5 de março de 2020, 10h40

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/03/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.