Consultor Jurídico

Notícias

Últimas homenagens

Desembargador Eros Piceli é homenageado antes de se aposentar do TJ-SP

O desembargador Eros Piceli participou de sua última sessão de julgamento na 33ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo antes de se aposentar da Corte. “Fico muito feliz de sair ao lado de amigos queridos de tão longa data e com a presença da minha família neste momento”, disse o magistrado, que foi o vice-presidente do TJ-SP no biênio 2014/2015.

TJ-SPDesembargador Eros Piceli se aposenta do TJ-SP após 41 anos de atuação na magistratura

O presidente da Corte paulista, desembargador Geraldo Pinheiro Franco, declarou que o dia “é de sentir alegria, apreensão, dever cumprido, tristeza, enfim, uma série de emoções que são absolutamente naturais após 41 anos de magistratura. O Eros veio semear o bem. Todos que o conhecem têm essa perfeita concepção de quem é esse homem, tranquilo, sereno e talentoso”. 

Para o vice-presidente do TJ-SP, desembargador Luis Soares de Mello, Eros Piceli foi um exemplo de gestor. “Estamos diante de uma grande pessoa. Alguém em quem sempre me espelhei, inclusive ao fazer a opção por ocupar o cargo na vice-presidência. É um juiz exímio e que fará muita falta, um homem de categoria e exemplo. Sempre foi um democrata e mostrou isso claramente como vice-presidente", disse.

Eros Piceli nasceu em São Paulo (SP), em 1949. Graduou-se em Direito pelas Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU), na turma de 1973. Ingressou na magistratura em 1979, sendo nomeado juiz substituto para a 2ª Circunscrição Judiciária, sediada em São Bernardo do Campo. 

Em 1991, foi removido ao cargo de juiz substituto em segundo grau. Três anos depois, foi promovido a juiz do 1º Tribunal de Alçada Civil do Estado de São Paulo pelo critério de merecimento e removido por permuta a juiz do 2º Tribunal de Alçada Civil. Em 2005, tomou posse como desembargador e foi eleito para o Órgão Especial em 2008. Ocupou o cargo de vice-presidente do TJ-SP no biênio de 2014/2015. Com informações da assessoria de imprensa do TJ-SP.

Revista Consultor Jurídico, 3 de março de 2020, 11h15

Comentários de leitores

2 comentários

Parabéns notável desembargador

O IDEÓLOGO (Cartorário)

Diz o texto: "Eros Piceli nasceu em São Paulo (SP), em 1949. Graduou-se em Direito pelas Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU), na turma de 1973. Ingressou na magistratura em 1979, sendo nomeado juiz substituto para a 2ª Circunscrição Judiciária, sediada em São Bernardo do Campo".
O Desembargador, um exemplo de coerência e honestidade.
Infelizmente, perde a Justiça Bandeirante!

Responder

Homenagem

6345 (Advogado Autônomo)

Absurdo! Gastando dinheiro público pra homenagear um rico! Esse tempo da homenagem poderia, e pode, ser utilizado pra dar andamento aos processos represado por atitudes como essa. A pessoa passa 41 anos à sombra do poder, com um dos melhores salários do país e ainda é homenageada por isso!

Responder

Comentários encerrados em 11/03/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.