Consultor Jurídico

Entrevistas

Pacto de impunidade

Se houvesse Justiça de transição, defensores da ditadura não estariam na vida pública

Comentários de leitores

10 comentários

15/03/20: lembrai-vos de 1964!

ANTÔNIO DUARTE GUEDES (Advogado Assalariado - Empresarial)

Ocultar seus delitos e ao mesmo tempo valer-se deles para apontar o dedo sujo para os dos adversários/inimigos não é nem honesto nem justiça. Alguns guerrilheiros deram desculpa para os criminosos da ditadura perseguirem também os opositores democratas e republicanos. Os torturadores da ditadura mataram os melhores e educaram seus sucessores e discípulos atuais. Assim são responsáveis também pela falta de gente, de educação cívica e de consciência política que afetam o país, permitem os desmandos do presente ao ocultarem os do passado e infelicitam a sociedade nacional.

Responder

mt bom

Manuela Abreu (Advogado Assalariado)

mt bom!!!

Responder

Questionamentos

Vercingetórix (Advogado Autônomo - Civil)

As mortes, torturas e "justiçamentos" da guerrilha armada pró ditadura do proletariado também foram investigadas?

Aqueles que participaram da guerrilha armada pró ditadura do proletariado também deveriam estar proibidos de participar da vida pública?

Responder

Liberdade de Convicção

Dr. Marco Seixas (Advogado Autônomo - Civil)

Durante o período militar, não era direito de nenhum cidadão criticar o governo e seus atos.
Qualquer crítica ou manifestação negativa era motivo pra acusações de conspiração e terrorismo.

Era uma pobreza de espírito e inteligência tremendas... Infelizmente isso está voltando...

Responder

Vala de Perus: Quem viu sabe o que é.

Oliveira e Costa (Advogado Autônomo - Criminal)

Inegável que havia uma vala cheia de restos humanos, que rendeu uma montanha de ossos. Isto para falar apenas das ossadas de Perus. Indaga-se: Quem eliminou aquelas pessoas? Por quais motivos mataram aquelas pessoas? Quem jogou aquelas pessoas naquela vala, sem direito a um enterro digno, despedida de seus familiares, amigos?
Penso que, de repente, antes de tecerem críticas infundadas à colunista, consultem um material que lhes possa dar uma visão mais clara sobre tais fatos: CPI das ossadas de Perus - Câmara Municipal de São Paulo. Naquela CPI, vários personagens foram ouvidos, de um lado e de outro. Há duas versões sobre essas ossadas. Depois, coerentemente, poderão chegar a uma conclusão séria, honesta.

Responder

Equívoco

Villela (Advogado Sócio de Escritório - Tributária)

A primeira pergunta contraria a melhor técnica do jornalismo: "nunca pergunte ao prego o que ele acha do martelo."
Não consegui passar dessa pergunta.
Matéria com alto teor ideológico. Não serve para informar, pelo contrário, ela desinforma.
É uma pena.

Responder

Interpretação interessante

Dr. Marco Seixas (Advogado Autônomo - Civil)

O colega afirma que não leu a matéria mas tem certeza que se trata de algo inútil e que não acrescenta nada ao leitor... Interessante chegar a essa conclusão sem ao menos ler todo o texto... Oh terra Brasilis... Oh terra Brasilis..

A ditadura do proletariado também é ditadura.

Osvaldir Kassburg (Oficial da Polícia Militar)

Certamente estão se referindo aos apoiadores do Regime de Cuba e Venezuela, adoradores do ditador Fidel Castro, de Maduro entre outros tantos ditadores. Bem como, aqueles tantos que pegaram em armas para implantarem uma ditadura do proletariado no Brasil, e que hoje estão quase todos na vida pública. Todos marxistas apoiados pela então União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, Cuba, Nicarágua e outros países comunistas, criaram focos revolucionários no Brasil, se armaram e explodiram edifícios, carros, roubaram bancos, sequestraram, mataram... com o objetivo de implantarem uma ditadura do proletariado.
Esses mesmos que hoje recebem bilhões de indenizações custeadas pelo suor do trabalhador brasileiro, indenizados pelo mal que nos causaram e por que tiveram seus ideais revolucionários frustrados pela ação das Forças Armadas.
https://youtu.be/GCfKFvGCYgI

Responder

O brasil não precisa de nenhuma das duas

Gelson de Oliveira (Servidor)

O Brasil não precisa nem de uma ditadura de direita, nem de uma ditadura de esquerda. Todos precisam respeitar os direitos dos outros e não fazerem apologia à violência nem a qualquer tipo de crime.

Agentes Públicos

Dr. Marco Seixas (Advogado Autônomo - Civil)

Essa teoria de "ditadura do proletariado" não cola né....

A quantidade de gente que nunca pegou em armas nem era guerrilheiro mas que mesmo assim foi morta por agentes do Estado é muito grande...



Comentar

Comentários encerrados em 10/03/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.