Consultor Jurídico

Comentários de leitores

5 comentários

A Terra Plana não gira, ela capota!

Leonardo S. Augusto (Advogado Autônomo - Criminal)

Quem poderia imaginar que Wilson Witzel, aquele mesmo que foi eleito com o discurso de "atirar na cabecinha"; que participou de uma ação da Polícia Civil em que de um helicóptero são disparadas rajadas de tiros sobre uma comunidade; que fez campanha eleitoral em áreas dominadas pela milícia junto com Flávio Bolsonaro; que esteve presente em ato pró-bolsonaro em que dois personagens quebram a placa que levava o nome de Marielle Franco, vereadora assassinada por integrantes do "Escritório do Crime", organização criminosa então chefiada pelo ainda vivo Adriano da Nóbrega, "parça" de Flávio Bolsonaro; Witzel, ainda, que apoiou e foi apoiado por Bolsonaro na campanha eleitoral de 2018, agora diz combater o fascismo no Brasil. Realmente, de acordo com o que pensam os seguidores do Mentecapto da República, a Terra Plana não gira, ela capota!

Conhecimento jurídico ...

Arlete Pacheco (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Triste, muito triste ver pessoas com conhecimento jurídico se envolvendo com suspeitas de corrupção! Mais triste ainda são as explicações dadas para tentar justificar as diligências da Polícia Federal! Órgão policial é um "executor de ordens"! O Fiscal da Lei é o Ministério Público, que determina o início das investigações de um fato, tipificado como delituoso, quando entender que há "plausibilidade" de ter sido executado. Quem ordena e assina os todos os mandados é o órgão competente do Poder Judiciário! Dizer que alguém pode interferir e determinar toda essa tramitação é menosprezar a inteligência do cidadão contribuinte. Delirante então é dizer que o Presidente da República foi eleito com a ajuda do governador!!! Menos Witzel, menos!

Denunciação caluniosa

Magnaldo Jose Nicolau da Costa (Advogado Assalariado - Administrativa)

O MP, excepcionalmente, instaurou o inquérito que já era aguardado porque a imprensa vinha noticiando que seis hospitais de campanha que deveriam estar prontos no Rio desde abril, não foram implementados, e um único construído estava incompleto. As notícias sinalizavam desvio de recursos públicos. Acionado o Judiciário que expediu mandado de busca, entidade de classe que se destaca por jogar uma categoria contra outra, divulga "vazamento", fazendo ilação que evidência denunciação caluniosa. Esse o problema que vivemos. No afã de atender interesse particular, tenta-se denegrir a imagem de uma categoria que muito contribuí para o combate a corrupção.

Sem simpatia por Witzel, mas...

Hans Zimmer (Assessor Técnico)

...a decisão não passa no teste do art. 315, § 2o do CPP.

Desassociada do requisito do art. 93, IX da CF, é, portanto, nula. Ninguém reconhecerá essa nulidade, contudo. O Direito morreu nesse país.

conhecimento técnico

Luiz Soares de Oliveira (Corretor de Imóveis)

Muito estranho esta de o indivíduo por ter conhecimento técnico seja motivo de que poderá apagar as provas. Se isto for válido, não se pode confiar na decisão do ministro por ser considerado um agente de excelente conhecimento técnico. Pois ele poderia estar tomando esta decisão que fora tomada por uma vaga no STF. Já que o conhecimento técnico não é indicador de bom caráter, segundo a justificativa do próprio ministro.

Comentar

Comentários encerrados em 3/06/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.