Consultor Jurídico

Boa viagem

Em inspeção, corregedora diz que quem não "plunct, plact, zum" não vai a lugar nenhum

Por 

Raul Seixas foi o "Carimbador Maluco" no musical infantil exibido pela Globo em 1983
Divulgação

A corregedora regional da Justiça Federal da 4ª Região, Luciane Amaral Corrêa Münch, adotou o Plunct, Plact, Zum para a inspeção 2020.

O procedimento deste ano em Porto Alegre será marcado, segundo a magistrada, pela “leveza, na autogestão das unidades e na premissa de que a burocracia em seu sentido estrito deve ser substituída pela adaptabilidade e pelo diálogo”.

“Plunct, Plact, Zum, o mundo mudou. E mudou tão rápido que aquele que se demora não vai a lugar nenhum! Em menos de dois meses, tivemos que adotar medidas (muitas e muitas delas) e provocar mudanças (muitas e muitas delas) que, em tempo normais, demandariam meses, talvez anos. Naquele mundo que passou, tudo tinha que ser selado, registrado, carimbado. Agora, temos que agir quase que de imediato!”, diz trecho do documento.

Veja cena do musical da Globo de 1983, com o "Carimbador Maluco" Raul Seixas, uma crítica à burocracia:

No texto, a corregedora discorre sobre uma lista de atividades planejadas para auxiliar os magistrados em aspectos como autonomia, adaptabilidade e tecnologia. O programa de inspeção inclui palestras, pesquisas de opinião, autoavaliação e o planejamento de novos objetivos. Em respeito ao isolamento social imposto pelo avanço da Covid-19 no Brasil, todas as atividades serão remotas.

"Plunct, Plact, Zum" foi um especial musical infantil exibido pela TV Globo em 3 de junho de 1983. Escrito por Wilson Rocha e dirigido por Augusto César Vanucci e Paulo Netto, no enredo, crianças são proibidas de fazer as coisas que amavam, e planejam fugir. Elas encontram um titereiro que passa a lhes contar histórias. 

Clique aqui para ler a integra do comunicado




Topo da página

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 15 de maio de 2020, 14h54

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 23/05/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.