Consultor Jurídico

Acerto remoto

Por videoconferência, Vila Nova chega a acordo com ex-jogadores

Clube entrou em acordo com dois ex-atletas por meios de audiências remotas em GO
Reprodução

Após seis audiências de conciliação por videoconferência promovido pelo Juízo Auxiliar de Execução de Goiás, o Vila Nova Futebol Clube, de Goiânia, chegou a um acordo com dois jogadores da agremiação.

Nos processos — que já estavam em fase de execução — foram negociados R$ 110 mil que serão pagos aos atletas em parcela única. As audiências remotas foram  realizadas por meio do aplicativo Google Meet e conduzidas pelo juiz Kleber Waki, com o apoio dos servidores da unidade.

O Juízo Auxiliar de Execução, criado no TRT-18 em 2010, reúne ações em fase de execução de um mesmo devedor. O objetivo é dar um tratamento uniforme a causas parecidas e facilitar a satisfação dos créditos reconhecidos pela Justiça do Trabalho para todos os seus credores. Com informações da assessoria de comunicação do TRT-18. 

0011141-33.2013.5.18.0002
0010336-95.2014.5.18.0018




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 7 de maio de 2020, 15h18

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 15/05/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.