Consultor Jurídico

Ação de congressistas

Bolsonaro deve explicar recondução de Ramagem à Abin

O retorno de Alexandre Ramagem à Agência Brasileira de Inteligência (Abin), cargo que ocupava antes de ser barrado como novo diretor da Polícia Federal, está sendo questionada por um grupo de parlamentares.

Ministro Alexandre já havia barrado nomeação de barragem à chefia da PF
Rosinei Coutinho/SCO/STF

A ação foi movida pelos deputados federais Alessandro Molon (PSB-RJ), Camilo Capiberibe (PSB-AP) e pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Eles afirmam que a recondução de Ramagem não poderia ter sido feita sem sabatina do Senado. 

Por conta da ação, o ministro Alexandre de Moraes, do STF, deu o prazo de dez dias para que Bolsonaro se pronuncie a respeito do decreto que reconduziu Ramagem à Abin. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo

"O restabelecimento do Sr. Alexandre Ramagem Rodrigues ao cargo de diretor-geral da Abin revela evidente desvio de finalidade do ato, como revelam os fatos supervenientes trazidos a conhecimento público após o pedido de exoneração do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, sr. Sergio Fernando Moro", afirmam os parlamentares.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 5 de maio de 2020, 20h24

Comentários de leitores

8 comentários

Nada a fazer??

Rogério Brodbeck (Advogado Autônomo - Civil)

Os ditos cujos plantonistas congressuais não têm mais nada de útil a fazer a não ser ficar pentelhando o Presidente da República e tomando o precioso tempo dos honoráveis Ministros da suprema Corte com seus absurdos pedidos disso e daquilo...??? Será que ele não sabe que foram eleitos pelos seus Estados respectivos para tratar de legislar em benefício do interesse público, leia-se coletivo e não de suas brilhaturas individuais?? Querem aparecer, amarrem uma melancia no pescoço...

Bolsonaro deve explicar recondução de Ramagem ...

Arlete Pacheco (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Para os parlamentares apressadinhos sempre de plantão, em entrevista que acabou de ser concedida pelo ministro Marco Aurélio, Sua Excelência disse que a exoneração do senhor Ramagem da Abim foi suspensa, o que significa que sua recondução não necessita de sabatina pelo Senado. Como diz o ditado, apressado come crú.

Bolsonaro deve explicar recondução de Ramagem ...

Arlete Pacheco (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Por gentileza, gostaria de saber por que meu comentário foi retirado deste espaço, uma vez que já havia sido até publicado. Obrigada.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 13/05/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.