Consultor Jurídico

Risco inegável

Maioria da população vê que fake news contra STF ameaçam democracia

Para 81% dos brasileiros, as notícias fraudulentas difamando o Supremo Tribunal Federal e o Congresso ameaçam a democracia no país. Esse foi o resultado de uma pesquisa de opinião feita pelo Datafolha e divulgada pela Folha de S.Paulo nesta segunda-feira (29/6).

A pesquisa também apontou que, para 68% dos entrevistados, as manifestações de rua contra o Judiciário e o Legislativo também são vistas como um risco à estabilidade democrática.

Quando os pedidos de intervenção fechamento do STF e Congresso são feitos pelas redes sociais, 66% dos entrevistados afirmaram que eles constituem um risco, enquanto 31% disseram que não vêem problema (outros 3% não souberam responder).

A pesquisa foi feita por telefone, entre 23 e 24 de junho, e ouviu 2.016 pessoas. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Na linha de frente da defesa democrática está o ministro Alexandre de Moraes, relator de dois inquéritos no STF, um apurando a propagação de notícias fraudulentas difamatórias, e outro investigando a promoção de atos antidemocráticos.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 29 de junho de 2020, 9h31

Comentários de leitores

11 comentários

Maioria da população ...

Arlete Pacheco (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Essa tal de Datafolha não é aquela que afirmou que Bolsonaro, no segundo turno, não ganharia de ninguém???? Não é aquela que afirmou que
Dilma Rousseff estava eleita senadora em Minas Gerais??? Não é aquela que não previu a eleição de Zema ??? Afinal, essa empresa faz pesquisa com quem??? Até os gatos e os cachorros da minha rua dizem que jamais foram pesquisados por ela kkkkkkkk

Os 19% devem ser a maioria

Emerson Elias (Bacharel)

Os 81% de 2.016 pessoas são, provavelmente, de vários acampamentos do MST, MTST, centrais sindicais como CUT, etc. O segredo é ligar para um, e pegar o número dos demais frequentadores desses ambientes, para corroborar a pesquisa intencionada, e pega alguns cidadãos de bem, onde, estes, são os 19% que realmente são a maioria. Tudo isto é probabilidade, em nenhum momento estou dizendo que ocorre isto (tenho que avisar para não me acusarem de propagar fake news).
Eu pergunto para os ministros do STF e demais apoiadores deles, se a população brasileira está indignada e dizendo palavras de ordem contra os ministros deste orgão do judiciário, isto não é democracia? Na democracia, pelo que eu sei, criticamos aquilo que não gostamos, excetuando-se, é claro, qualquer ameaça de morte, e semelhantes contra os tais.

Conjur e Datafolha

Eliel Karkles (Advogado Autônomo - Civil)

Conjur e Datafolha, o que pode ser pior? CREDIBILIDADE Zero! De ambas!

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 07/07/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.