Consultor Jurídico

Licitação global

Brasil formaliza intenção de aderir a acordo de compras governamentais da OMC

Adesão ao acordo vai abrir mercado de compras governamentais para empresas brasileiras nos Estados Unidos e Europa
gajus

Em maio deste ano o governo brasileiro formalizou sua intenção de aderir ao Acordo de Compras Governamentais (GPA) da Organização Mundial de Comércio (OMC). A medida tem a intenção de alinhar o país ao regime de licitações das maiores economias do mundo.

O processo para entrada efetiva no acordo implica em uma série de mudanças no sistema de licitações e contratações públicas do Brasil. Também vai integrar empresas brasileiros ao mercado de compras governamentais dos países signatários, entre eles Estados Unidos, União Europeia e Reino Unido.

As mudanças que serão implementadas também serão tema de uma série de dez seminários virtuais organizada pelo IDP (Instituto de Direito Público), em parceria com a Universidade de Nottingham.

Os encontros serão coordenados por Marçal Justen Filho (IDP) e Sue Arrowsmith (Nottingham). A série começa no próximo dia 2 de julho. Clique aqui para se inscrever no evento.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 26 de junho de 2020, 16h16

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/07/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.