Consultor Jurídico

Ex-presidente do TSE

Carmen Lúcia é eleita para vaga de ministro substituto no TSE

Por 

A ministra Carmen Lúcia foi eleita para vaga de ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral. O anúncio foi feito no início da sessão do Supremo Tribunal Federal desta quarta-feira (24/6) pelo presidente, ministro Dias Toffoli.

Assim, a magistrada assume a vaga que era do ministro Alexandre de Moraes, agora membro efetivo do TSE. Vai atuar sob a gestão do ministro Luís Roberto Barroso, com desafios como as ainda incertas eleições municipais, por conta da pandemia.

"Vai ser prazer e uma honra poder contar também lá com a companhia e participação sempre iluminada, espirituosa e comprometida com o interesse público", destacou o presidente do TSE.

Carmen Lúcia tem experiência na corte eleitoral: integrou-a em 2009 e foi presidente entre 2012 e 2013. "Vai ser um prazer, tanto quanto possível e no que for chamada, contribuir para que tenha período de eleições democráticas como tem sido na história daquele tribunal e do Brasil nos últimos 32 anos", destacou.

A votação contou com dez votos a favor da ministra e um para o ministro Gilmar Mendes. 

Topo da página

 é correspondente da revista Consultor Jurídico em Brasília.

Revista Consultor Jurídico, 24 de junho de 2020, 15h06

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 02/07/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.