Consultor Jurídico

Cautelares Diversas

Alexandre determina soltura de Sara Giromini, com monitoramento eletrônico

Retornar ao texto

Comentários de leitores

10 comentários

Indignação

Veinho (Funcionário público)

Já nem sei mais o que pensar sobre certas decisões de ministros do STF. Ainda bem que temos a liberdade de pensamento ( a de expressão está limitada) senão eu já estaria preso!

Tratamento desigual

JA Advogado (Advogado Autônomo)

Os condenados (não apenas acusados) em 2 graus de jurisdição, inclusive o inoxidável Lula, estão aí, soltos, como bons e probos rapazes, depois de causar prejuízos bilionários à Petrobrás e ao povo brasileiro. Mas parece que a moça aí é mais criminosa que eles. Suprema sacanagem.

Alexandre determina ...

Arlete Pacheco (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Triste postura a desse ministro. Se acaso tenha se sentido agredido em sua honra, bastava ingressar com a competente ação penal privada, expondo seus argumentos e requerendo as reparações de Direito. Poderia também requerer indenização na área do Direito Civil. Mas optou por um inquérito monstrengo, um inquérito natimorto, como bem observou o ministro Marco Aurélio, o que contribuiu para que a credibilidade do STF despencasse ainda mais! Um verdadeiro teatro do absurdo!!!

Como assim?

Villela (Advogado Sócio de Escritório - Tributária)

Como assim Tiago, extremista?
Liberdade de expressão, sempre. Termos que diminuem ou maculem a imagem das pessoas, jamais.

Engraçado...!

João pirão (Outro)

Sara Giromini era a outrora que anos atrás chamavam de "aberrante" porque ficava nua em protestos. Hoje chamamos de "libertária". Como as coisas mudam.

Ditadura

André Pinheiro (Advogado Autônomo - Tributária)

Na ditadura, por muito memos ela teria sido eletrocutada e os mamilos arrancados. Alguns chamam de belos tempos a arquitetura do mal. P.S A prisão dela foi uma aberração, que o STF penalista continua perpetrar. Mas se a lei era lara todos, menos para alguns, essa moça, é a mesma que vibrava com o direito penal do inimigo, teoria do fato brasileira, prisões de blogueiros e todas as aberrações jurídicas e militares. Não sei se pode reclamar, foi até bem tratada para os parâmetros dela. Esperamos coerência, brincadeira, não esperamos. Outro dia vi o Presidente pedir ampla, supra, irrestrita defesa aos filhos e a si mesmo. Se fosse coerente pulava do 7 andar.
Até para o bandido bom é bandido morto, defende a familia da esposa, do Adriano, do Queiroz .. é um humanista de ocasião, só que não. Vamos para 60 mil mortos e esse pessoal chama de cpf.
O que é inusitado castigo para o próprio eleitorado.

Progressista

Marcio sebastião aguiar (Advogado Associado a Escritório - Civil)

O conjur virou um site progressista, trata todo mundo que não segue a agenda da esquerda como extremista. O lead das matérias geralmente não corresponde ao conteúdo do texto.

Concordo com o Dr. Márcio S. Aguiar

Prof. Dr. José Jivaldo Lima - OAB n. 50.868 (Advogado Assalariado)

Faço minhas as palavras do Dr. Márcio, aditando que, penso, o Conjur talvez sempre foi alinhado à esquerda, acima de tudo!!!

Estudante

Luiz Leite Consultor (Economista)

Concordo com Dr. Márcio Sebastião de Aguiar - tem algumas matérias nojentas, mas tem uns raros e brilhantes juristas que ainda publicam aqui.

Também concordo com o Dr. Márcio S. Aguiar

AC-RJ (Advogado Autônomo)

O ativismo político de linha esquerdista radical do site é inegável como se verifica pelas expressões na reportagem. Deve-se destacar que ainda não foram julgados, tanto que ainda estão sendo investigados, de modo que deve prevalecer o princípio constitucional da presunção de inocência.

Assim, é no mínimo inconveniente que a reportagem tenha denominado indevidamente a Sara Winter de "extremista" e os demais de "membros da milícia armada". Se fossem ativistas de esquerda, por mais radicais que fossem, certamente não receberiam tal tratamento degradante por este site.

Comentar

Comentários encerrados em 2/07/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.