Consultor Jurídico

Até 2022

Willian Fernandes toma posse como ouvidor-geral da Defensoria Pública de SP

Willian Fernandes foi reconduzido ao cargo de ouvidor-geral da Defensoria Pública de São Paulo e cumprirá mandato até 2022
Divulgação

O advogado e professor universitário Willian Fernandes foi reconduzido ao cargo de ouvidor-geral da Defensoria Pública de São Paulo e cumprirá novo mandato até 2020.  Em sua gestão anterior (2018/2019), Fernandes promoveu encontros na capital e no interior do estado de São Paulo para reconectar a defensoria com a sociedade civil, discutindo temas e desafios para o aperfeiçoamento do atendimento da população pelo órgão.  Estes projetos ficaram conhecidos como “Ouvidoria na Área” e “Ouvidoria Volante”.

“O intuito deste mandato é o uso inteligente das manifestações gestadas pela Ouvidoria para planejamento institucional, revisão de fluxos internos e na implementação de pesquisas de satisfação dos usuários e das usuárias; além de consolidar as ações de reconexão com a sociedade civil organizada.”, afirma Willian Fernandes.

Willian Fernandes foi o primeiro ouvidor externo das Defensorias Públicas do Brasil, quando implementou o órgão em São Paulo, por ocasião de suas duas eleições (2006 e 2008). Ele também militou em diversas organizações de defesa dos direitos humanos; atualmente é vice-presidente da Comissão Justiça e Paz de São Paulo, e foi advogado de Centro Santo Dias de Direitos Humanos, atuando no combate a violência policial e tortura.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 8 de junho de 2020, 16h16

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 16/06/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.