Consultor Jurídico

Situação excepcional

TJ de São Paulo estuda prorrogar trabalho remoto até 30 de junho

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) examina a possibilidade de estender o regime de trabalho remoto no tribunal até 30 de junho. Um rascunho do provimento 2.651 circulou nesta terça-feira (2/6), mas o tribunal apenas confirma que a extensão do prazo está sendo avaliada para essa data.

ReproduçãoTJ de São Paulo prorroga trabalho remoto até 30 de junho em razão da epidemia

Ainda vale, portanto, o provimento anterior, de 22 de maio, segundo o qual o trabalho remoto deve continuar sendo feito até 14 de junho.

Pretendentes a adoção
Considerando as restrições de acesso de pessoas aos prédios dos fóruns em virtude da epidemia de Covid-19, a Corregedoria-Geral da Justiça de São Paulo publicou um comunicado que trata da habilitação de pretendentes a adoção. Durante esse período, os interessados poderão enviar os documentos por e-mail.

De acordo com o comunicado, os pedidos de habilitação dos pretendentes a adoção deverão ser recebidos por mensagem eletrônica no endereço de e-mail do Ofício da Infância e da Juventude competente, que poderá ser obtido no site Adotar.

O magistrado poderá, até a conclusão do processo de habilitação, solicitar a complementação de informações e documentos, além de determinar a repetição de atos de forma presencial ao término do sistema remoto de trabalho, se assim julgar conveniente.

*Texto atualizado às 11h19 para correção de informações.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 3 de junho de 2020, 8h35

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/06/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.