Consultor Jurídico

Informações expostas

Ministro da Justiça pede à PF investigação de vazamento de dados de autoridades

O ministro da Justiça André Mendonça pediu, nesta terça-feira (2/6), que a Polícia Federal instaure um inquérito para investigar o vazamento de informações do presidente da República, Jair Bolsonaro, seus familiares e ministros.

À frente do Ministério da Justiça, André Mendonça quer investigação sobre vazamentos de Bolsonaro, familiares, ministros e apoiadores
Humberto Eduardo de Sousa

As informações iniciais são de que um grupo de hackers vazou dados de Bolsonaro e seus filhos Flávio e Carlos Bolsonaro. Além deles, também tiveram os dados vazados a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves; o ministro da Educação, Abraham Weintraub; e o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP).

Eles tiveram expostas informações como e-mails, telefones, endereços, renda, nomes de familiares e bens declarados.

Em breve nota, o MJ diz que as investigações devem apurar crimes previstos no Código Penal, na Lei de Segurança Nacional e na Lei das Organizações Criminosas. A peça não foi divulgada.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 2 de junho de 2020, 13h08

Comentários de leitores

1 comentário

Ministro da Justica pede ...

Arlete Pacheco (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Concordo em gênero, número e grau! Tem que pedir investigações mesmo e punição exemplar!!!

Comentários encerrados em 10/06/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.