Consultor Jurídico

Distanciamento social

STJ atinge marca de 158 mil decisões em trabalho remoto

Já são 158.207 as decisões proferidas desde que o Superior Tribunal de Justiça adotou, em 16 de março, o regime de trabalho remoto como medida de contenção da pandemia do novo coronavírus.

STJ tem trabalhado em modo remoto desde 16 de março por conta da pandemia STJ

No balanço divulgado nesta segunda-feira (1/5), o tribunal informou a realização de 55 sessões virtuais até o final de maio. Essas sessões duram uma semana e são destinadas à análise de agravos internos, agravos regimentais e embargos de declaração.

No mês passado, o STJ passou a realizar sessões colegiadas por videoconferência, para o julgamento das classes processuais normalmente examinadas em sessões presenciais. Os julgamentos por videoconferência vão continuar, pelo menos, até 1º de julho, como estabelece a Instrução Normativa STJ/GP 9.

Das mais de 158 mil decisões, 124.292 são terminativas e 33.915, interlocutórias. Entre as decisões terminativas, 102.473 são monocráticas e 21.819, colegiadas.

A classe processual mais frequente nos julgamentos é o agravo em recurso especial, com 50.813 decisões, seguido pelo habeas corpus (30.858) e pelo recurso especial (22.837). Com informações da assessoria de imprensa do Superior Tribunal de Justiça.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 1 de junho de 2020, 21h41

Comentários de leitores

1 comentário

STJ atinge marca de 158 mil decisões em trabalho remoto

Ana (Outros)

Ah tá ! Tenho interesse em processo que foi autuado em 03/11/2016 no STJ e está conclusos com Ilustre Desembargador desde 09/10/2018 para Julgamento . Pelo andar da carruagem ainda vai tempo, nem pauta tem ! Justiça ? Cadê a Justiça?

Comentários encerrados em 09/06/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.