Consultor Jurídico

15 anos depois

Sílvio Pereira é condenado ao semiaberto por caso da Land Rover

Ex-secretário-geral do PT que ganhou Land Rover de fornecedor da Petrobras foi condenado por corrupção passiva
Wikipedia 

Quinze anos após se tornar nacionalmente conhecido por receber um automóvel Land Rover da DGK, uma fornecedora da Petrobras, o ex-secretário-geral do PT Sílvio Pereira foi condenado nesta segunda-feira (27/7) por corrupção passiva.

A sentença é do juiz Luiz Bonat, responsável pelos casos envolvendo o consórcio da "lava jato", em Curitiba. Pereira foi condenado a quatro anos e cinco meses de prisão em regime inicialmente semiaberto.

No mesmo processo, também foram condenados por corrupção o ex-diretor da Petrobras Renato Duque e César Roberto Oliveira, sócio-administrador da GDK.

Na sentença, Bonat aponta que Pereira pediu e recebeu vantagem indevida para influir a favor da fornecedora na licitação de módulo da unidade de tratamento de gás de Cacimbas, no Espírito Santo.

Pereira deixou o PT após a revelação do recebimento da Land Rover e chegou a ser preso em 2016, mas respondeu o processo em liberdade.

Clique aqui para ler a sentença
5056533-32.2016.4.04.7000

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 27 de julho de 2020, 21h53

Comentários de leitores

3 comentários

quinze anos?

Servidor estadual (Delegado de Polícia Estadual)

Quinze anos para uma sentença? Agora envelheceu, o povo esqueceu, veio o covid, o réu é do grupo de risco, que fique em casa. A única saída para o Brasil é o aeroporto.

One way?

Joro (Advogado Autônomo)

Condenações se têm visto, no atacado. Quando e em que situação ali poderá ocorrer UMA absolvição nesses casos lavajatianos?
Só culpados e com prova incriminadora sempre e sempre suficiente?
Fenômeno pretoriano!

Incrível...

Vercingetórix (Advogado Autônomo - Civil)

Incrível como condenar criminoso de colarinho branco incomoda certos grupos nesse país.

Comentários encerrados em 04/08/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.