Consultor Jurídico

R$ 98,5 bi

Justiça de São Paulo concede recuperação judicial à empreiteira Odebrecht

A 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo concedeu nesta segunda-feira (27/7) a recuperação judicial da Odebrecht. O plano abrange a holding e outras 11 empresas do conglomerado.

ReproduçãoEmpresa agora terá dois anos para executar o plano, aprovado por credores em abril

Com dívidas estimadas em R$ 98,5 bilhões, a recuperação judicial da empreiteira é a maior da história do Brasil. A companhia apresentou o pedido de reestruturação em junho de 2019, depois de enfrentar dificuldades por seu envolvimento com esquemas de corrupção.

O advogado da Odebrecht Eduardo Munhoz afirmou a Folha de S.Paulo que as 12 subsidiárias envolvidas no plano englobam 90% da dívida do grupo. Outras oito empresas poderão participar do programa com a autorização de credores.

De acordo com a Folha, a prioridade da Odebrecht é vender a sua participação na petroquímica Braskem.

Clique aqui para ler a decisão

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 27 de julho de 2020, 20h40

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/08/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.