Consultor Jurídico

Visitas virtuais

Presos em SP poderão fazer videochamadas com familiares a partir deste sábado

100% dos presídios de São Paulo contam com sistema de teleaudiência

Suspensas por causa do coronavírus, as visitas de familiares a presos serão retomadas no estado de São Paulo a partir deste sábado (25/7), agora por meio de videochamada.

Em junho, a juíza Paula Fernanda de Souza Vasconcelos Navarro, da 9ª Vara de Fazenda Pública deferiu em partes pedido da Defensoria Pública e determinou que o governo deveria garantir aos detentos interações virtuais.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), divulgou nesta quarta-feira (22/7) que 100% das unidades prisionais do estado estão equipadas com sistemas de videoconferência.

Segundo o governo, a ferramenta reduziu em 64,18% as escoltas entre unidades prisionais e fóruns, liberando policiais militares e agentes penitenciários para outras funções, além de possibilitar uma economia de 62,9% no gasto com transferências de presos para audiências.

O sistema também vai permitir que os presos tenham contato com familiares pelo período que perdurar o avanço da Covid-19 no Brasil. Conforme informações oficiais, o sistema comporta até 23,8 mil visitas por final de semana, com potencial para chegar até 58 mil.

Entre os dias 27 de abril e 21 de julho foram realizadas 9.752 teleaudiências, 64,12% do total de todo ano passado. No mesmo período também foram feitas 33.798 intimações, 13.117 citações, além de 24.551 atendimentos jurídicos por advogados e 2.479 pela Defensoria Pública.

O sistema prisional paulista abriga quase 220 mil pessoas privadas de liberdade. Os familiares cadastrados já podem agendar visitas por meio de teleconferência. Clique aqui para saber como.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 22 de julho de 2020, 21h26

Comentários de leitores

1 comentário

Visita?!

Immanuel Kant (Advogado Sócio de Escritório)

Chamar chamada de vídeo e áudio de visita só pode ser brincadeira, né? Ou ironia. Que mundo absurdo. Surreal. "Aff maria!"

Comentários encerrados em 30/07/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.