Consultor Jurídico

Representatividade no Judiciário

Em seminário, CNJ lança grupo de trabalho sobre questões raciais

O Conselho Nacional de Justiça inicia às 17h desta terça-feira (7/7) o Seminário Questões Raciais e o Poder Judiciário. O evento virtual se estende até a manhã desta quarta-feira (8/7), quando o presidente do CNJ e do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, lançará um grupo de trabalho sobre igualdade racial no Poder Judiciário.

CNJEm seminário, CNJ lança grupo de trabalho sobre questões raciais 

Também na quarta-feira, os painéis irão tratar sobre os negros no sistema carcerário e no cumprimento de medidas socioeducativas e sobre a representatividade racial no Poder Judiciário. No encerramento, previsto para 12h, o jornalista Heraldo Pereira proferirá a palestra “Justiça e Questões Raciais”. O evento será pela plataforma Cisco Webex, com transmissão ao vivo pelo canal do CNJ no YouTube.

No Brasil, negros e negras constituem a maioria da população carcerária, respondem por uma parcela ínfima das posições de poder, são pouco vistos nos bancos das universidades e recebem salários menores que a população branca. As mulheres negras são as maiores vítimas de feminicídio, de violência doméstica e de violência sexual. Jovens negros e de baixa escolaridade são as principais vítimas de mortes violentas no Brasil.

Apesar de alguns avanços nos últimos anos, concretizados em políticas de cotas e em leis que punem com maior rigor atos preconceituosos, a realidade das pessoas negras ainda é marcada pela falta de oportunidades e violência. Com informações da assessoria de imprensa do CNJ.

Serviço
Seminário Questões Raciais e Poder Judiciário
Quando: dia 7 de julho, das 17h às 19h30; e dia 8 de julho, das 9h às 12h.
Onde: plataforma Cisco Webex – o link de acesso será encaminhado aos inscritos. 

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 7 de julho de 2020, 16h05

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 15/07/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.