Consultor Jurídico

Marcha soldado

Lei e decreto sobre contratação de militares têm vícios de inconstitucionalidade

Retornar ao texto

Comentários de leitores

6 comentários

E o desemprego, que se dane.

Boris Antonio Baitala (Advogado Autônomo - Civil)

Mais de 12 milhões de desempregados no Brasil e o governo aprova um decreto para dar trabalho a quem já tem salário. Tira Lula, coloca Bolsonaro e continua o baile.

Mais do mesmo

Cristine Luize (Advogado Autônomo - Civil)

Primeiramente, excelente artigo que abrange o Direito Constitucional e o Administrativo.
Concordo inteiramente com o Dr. Marcos Alves, o atual governo de direita faz o mesmo que o antigo governo de esquerda fazia, ou seja, o problema não é a posição política, mas o caráter do ser humano. Talvez demore mais um milênio para que nós humanos possamos evoluir para sermos seres solidários em tempos normais.

Mais do mesmo

Cristine Luize (Advogado Autônomo - Civil)

Concordo inteiramente com o Dr. Marcos Alves, o atual governo de direita faz o que o antigo governo de esquerda fazia, ou seja, o problema nao

Flagrante

Roger37 (Praça do Exército)

As FA destinam-se á defesa da Pátria, dos poderes constitucionais, da lei e da ordem, conforme dispõe o caput do art. 142 da CF, e, subsdiariamente, participam da defesa Civil, da repressão e da prevenção de ilicitos ambintais e transfronteiricose, nos termos do art. 16 A da LC 97/99. Por sua vez, o art. 3, par 1, b, Lei n 6880/80, dispõe que os militares inativos integram as FA. Portanto, do meu, humilde, ponto de vista, a inconstitucionalidade é flagrante.

A situação é grave

O IDEÓLOGO (Cartorário)

O Estádio Olímpico de Berlim foi construído com mão de obra da eficiente Wehrmacht para os jogos Olímpicos de 1936, na qual o afro-anglo-saxão, Jesse Owens, humilhou a "raça superior".
O presidente Bolsonaro, um "oriundi" de nítidas tendências neonazistas, se vivesse na Alemanha Hitleriana, não passaria de um convidado incômodo, porque os alemães, até hoje, desprezam os italianos pela desorganização, rebeldia, preguiça e etc. (cf. Hitler e o Holocausto, Editora Objetiva, Robert Wistrich). Possivelmente seria mandado para a "Frente Russa", um dos piores teatros da Segunda Grande Guerra Mundial, no qual nunca se viu tanta destruição, aonde serviria como bucha de canhão. Também seguiriam o mesmo caminho aqueles que o apoiam, inclusive aquele Roberto, substituído pela atriz Regina Duarte, e o Senhor Olavo de Carvalho, que seria o astrólogo dos dementes.

A cumpanherada está de volta

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

A inconstitucionalidade citada na reportagem já era conhecida desde que o projeto teve início. Vale acrescentar que além de inconstitucional, a lei e o decreto são absurdamente imorais, pois destina os cargos públicos a uma classe específica de servidores, justamente os compadres daqueles que ocupam os altos cargos do Executivo Federal. Muito embora os militantes políticos hoje tão barulhentos tenham pouco desenvolvimento intelectual para conhecer questões que vão além de agredir, menosprezar e fomentar o ódio, Bolsonaro e os seus fazem exatamente o que o PT fez ao longo de muitos anos: dar emprego fácil à chamada "cumpanherada".

Comentar

Comentários encerrados em 2/02/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.