Consultor Jurídico

Notícias

Base Concreta

Réu confesso é solto após preventiva fundamentada em "argumentos genéricos"

Comentários de leitores

5 comentários

Sem noção

Rubens R. A. Lordello (Advogado Autônomo - Civil)

Desculpem minha impertinência, mas réu confesso precisa de fundamentação?
Criminoso, assassino, qual seria a fundamentação para não ser preso?
Assassino confesso já não justifica tudo?
Penso que os doutos do direito estão se afastando do bom senso, sob os mais diferentes argumentos.

Fracasso da justiça penal no Brasil

Vercingetórix (Advogado Autônomo - Civil)

O assassino CONFESSO irá aguardar o transito em julgado para pagar pelo crime que cometeu (isso se realmente pagar).

Não existe proteção da sociedade

O IDEÓLOGO (Outros)

A sociedade está desprotegida, com a colaboração do Poder Judiciário.
O "rebelde primitivo" tem mais direitos que a o povão.

Perspectiva da sociedade

Rodrigo PCDF (Investigador)

Complementando o Professor Edson; não se preocupe, quando transitar em julgado ou quando ele vitimar outro, passará no máximo 7 anos recluso, a depender do comportamento.

Sem fundamentação

Professor Edson (Professor)

É sempre um susto social quando um assassino confesso é solto, mas nesse caso realmente não houve fundamentação, não é que a fundamentação foi fraca, simplesmente não houve fundamentação, o judiciário precisa tomar cuidado com isso, agora quem paga o pato é a comunidade tendo um matador perigoso solto, e a família da vítima simplesmente perplexa e com medo.

Comentar

Comentários encerrados em 21/01/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.