Consultor Jurídico

Notícias

Nota de pesar

Morre desembargador Ruy Pereira Camilo, ex-corregedor do TJ-SP

Morreu nesta sexta-feira (10/1) o desembargador aposentado do Tribunal de Justiça de São Paulo Ruy Pereira Camilo, 80, ex-corregedor-geral da Justiça e 3º vice-presidente da Corte entre 2004-2005.

TJ-SPDesembargador Ruy Pereira Camilo, que morreu nesta sexta

O corpo está sendo velado no funeral Home, Sala Roma, no centro da capital paulista, de onde seguirá para sepultamento no Cemitério da Lapa, ainda nesta sexta.

Em nota, o TJ-SP prestou homenagens ao trabalho por ele realizado ao longo da carreira, "na qual exerceu cargos que engrandeceram a magistratura paulista", além de se unir, "nessa hora difícil, à dor dos familiares e amigos que com ele conviveram".

O desembargador se aposentou em 2009, no cargo de corregedor-geral da Justiça, quando completou 70 anos. Foram 49 anos de serviço público, com 44 deles dedicados à magistratura (ingressou em 1965, quando atuou na Comarca de Santo André).

Ao longo da carreira, passou pelas comarcas de Cravinhos e Presidente Venceslau. Veio para a capital em 1969 e, em 1981, foi, por merecimento, promovido a juiz do extinto 1º Tribunal de Alçada Civil, onde ocupou os cargos de vice-presidente e presidente. Chegou a desembargador do Tribunal de Justiça, também pelo critério de merecimento, em 1985.

Em sessão plenária de 3 de dezembro de 2003, foi eleito 3º vice-presidente para o biênio 2004-2005 e, em 2007, elegeu-se corregedor-geral da Justiça para o biênio 2008-2009. Com informações da assessoria de imprensa do TJ-SP.

Revista Consultor Jurídico, 10 de janeiro de 2020, 14h11

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 18/01/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.