Consultor Jurídico

Ataque terrorista

Suspeito de atacar Porta dos Fundos entra com Habeas Corpus no TJ-RJ

Eduardo Fauzi Cerquise estaria na Rússia
Reprodução

A defesa de Eduardo Fauzi Richard Cerquise, suspeito de participar do ataque contra a sede da produtora Porta dos Fundos, entrou nesta quarta-feira (8/1) com pedido de Habeas Corpus no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. 

Segundo a assessoria de imprensa do TJ-RJ, a petição está na Segunda Vice-Presidência e será distribuída entre esta quinta-feira (9/1) e sexta-feira (10/1) para ser julgado em uma das câmaras criminais da corte. 

De acordo com a defesa de Fauzi, feita pelos advogados Diego Rossi Moretti e Jonas de Oliveira, seu cliente é "alvo de sensacionalismo" e "jamais teve a intenção de machucar qualquer ser humano". 

O caso está sendo tratado como tentativa de homicídio, uma vez que um dos funcionários da produtora estava no local no momento do crime e acabou atingindo pelas bombas.

A defesa também criticou o uso do termo "foragido" e disse que a palavra "é comumente utilizada para aqueles que têm uma ordem de prisão para o cumprimento de pena, o que não é o caso, também não podendo ser considerado foragido aquele que não esteve preso". 

Único identificado entre os cinco suspeitos do ataque, Fauzi viajou para a Rússia dias após o atentado contra a produtora. Ele teve a prisão temporária decretada e, caso seja encontrado, pode vir a ser extraditado, uma vez que Brasil e Rússia possuem acordo de cooperação na área. 

A defesa alega que Fauzi "sequer sabia que seria o principal suspeito", tendo ele viajado antes da emissão do mandado. Com informações da Agência Brasil.

0000480-75.2020.8.19.0000




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 9 de janeiro de 2020, 19h22

Comentários de leitores

2 comentários

De fato, é incorreto chamá-lo de "foragido".

Harlen Magno (Oficial de Justiça)

O correto é TERRORISTA foragido. Não é porque o MP aparelhado pela direita conservadora não teve peito para denunciar esse criminoso pelo crime que ele de fato cometeu, que vamos ignorar o fato de que ele cometeu um atentado terrorista que apenas fortuitamente não fez as vítimas fatais que o autor certamente intencionava...

Doutor eduardo fauzi richard cerquise

O IDEÓLOGO (Cartorário)

Não vamos chamá-lo de foragido, mas de "rebelde primitivo" que luta pelas instituições procurando depurar a sociedade de pensamentos e práticas criticáveis.

Comentários encerrados em 17/01/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.